Passeio pela confeitaria St.Michel

Um dos motivos para ir até Vilas, Lauro de Freitas (40km de casa) é a confeitaria queridinha que tem como proposta doces franceses com uma mistura brasiliense…
Se quiserem saber mais detalhes do local chequem no blog Onde Comer em Salvador foi o post do mês de agosto escrito por mim! Todo mês terá algo como colaboradora por lá dizendo as aventuras gastronômicas por Salvador.

E aqui deixo mais fotos preferidas do local.

DSC_0909DSC_0910

DSC_0917
DSC_0938 Antoniette
DSC_0937
Eclair de Chocolate
DSC_0928
Antoniette e Eclair
DSC_0898
DSC_0904 Mercadão (mortadela + queijo) e Caprese
DSC_0877
Macarrons!
DSC_0374
Eclipse

Endereço: Avenida Praia de Itapoan, 1327, 27D loja 01 – Belvedere Center – Vilas do Atlântico, Lauro de Freitas.
Telefone: 71 30263003
E-mail: contato@stmichelconfeitaria.com.br
Site: http://www.stmichelconfeitaria.com.br
Instagram: @stmichelconfeitaria
Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 09h às 21h30. De sexta a domingo, das 09h às 22h.

Anúncios

Panqueca Americana

Gostaria de compartilhar uma receita rápida e fácil para um dia como esse feriado preguiçoso de segunda! A dieta pode contar só amanhã…

image

1 xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de açúcar
1 xícara de leite
1 ovo
3 colheres de sopa de manteiga (derretida)
1 colher de sopa de chá (rasa) de essência de baunilha
3 colheres de chá de fermento em pó

Misture tudo e depois é só colocar na frigideira. Simples assim!

image

Detalhes do dia, como não foi algo preparado e fiz com o que tinha em casa. Tive que improvisar, o leite eu fiz com uma cápsula do doce gusto (normalmente não temos leite em casa), o fermento só tinha pra 1 colher de sopa. Complementei com mais 1 colher de bicarbonato em pó e 2 colheres de sopa de vinagre de maçã. E como só tenho açúcar mascavo, coloquei 2 colheres ao invés de uma…

image

Renderam 8 panquecas gordas de um tamanho médio. Vale a pena, daria pra servir 4 pessoas pois não aguentamos comer tudo!

Acompanhmentos: se não tiver maple syrup pode facilmente trocar por mel e usar a criatividade do momento, ou melhor, o que tiver na geladeira. Geléia, doce de leite e assim por diante!

Dia de artista (ou não…)

Depois que descobri que existia canetas para porcelana quase não dormi enquanto não tivesse as minhas!
Essas canetas são fáceis de usar, é só ter uma porcelana (importante porque vai ao forno) e usar a criatividade!
image

image

image

image

image

image

Voltei, o início do início novamente!

image

Foto da exposição “Veias” de Anders Petersen & Jacob Aue Sobol. Caixa Cultural, Salvador.

Pretendo criar posts mais objetivos com as fotos que não são expostas no meu insta! Não sei o caminho que seguirei para esse perfil, mas espero que seja para um lugar interessante!

O título “A Thata Comeu” ( sugestão do cunhado, tks!) justifica as comilanças por aí, mas também não deixarei de colocar os detalhes que me agradam que estão a minha volta….de tudo um pouco!

Muffin de Banana na medida – Primeiríssima receita no Blog!!!

5

Essa receita utilizei diretamente de um blog chamado “Aqui na Cozinha” e logo salvei para reproduzir! E foi o que aconteceu, preparei para comer no café da manhã do final de semana, já que tinha bananas e precisava dar um uso para elas. E como a própria blogueira Patty Martins comentou no post dela essa receita é prática e não faz sujeira, ela tem razão, não faz mesmo! Amei…está super anotada para as próximas vezes.

Segue a receita (segui a risca como ela sugeriu, só no final acrescentei uma farofinha):

Ingredientes:

  • 1 e 3/4 de xíc. chá de farinha de trigo
  • 3/4 xíc. chá de açúcar
  • 1 cc de canela em pó
  • 2 ovos
  • 1/2 xíc. chá de manteiga
  • 2 bananas médias amassadas
  • 1 cs rasa de fermento em pó

Cobertura:

  • 2 bananas cortada em rodelas
  • Canela em pó para polvilhar
  • Farofinha: 4 cs de farinha de trigo, 2 cs de açúcar mascavo, 1 cs de margarina e 1 pitada de canela – misture até formar uma farofa – Esse foi o meu acréscimo na receita, quase uma “cuca”.

Modo de Preparo:

Vocês não vão precisar de batedeira. Misture todos os ingredientes, primeiro os secos e em seguida os ovos, a manteiga derretida e por fim as bananas amassadas. Depois de bem misturado, coloque o fermente. Coloque nas forminhas de muffin, utilizando 2 colheres de sopa em cada um, renderam 16 unidades.

* CS = colher de sopa *

Aqui estão as fotos passo a passo! Poucos utensílios, pouca sujeira! #ficaadica

1

2

3

Almoço de domingo – Sombra da Mangueira

Acredito que ficou pré determinado que quando ter visitas, teremos a obrigação de apresentar a muqueca que tanto falo e faço propaganda. Não posso negar, mas só nesse mês já foram 3 visitas! O restaurante chamado Sombra da Mangueira, mencionado no primeiro post, localiza-se na praia do Diogo. Percebi que essa semana mudaram a placa que indica o acesso a praia e agora está um pouco melhor indicado, está na Linha Verde litoral norte de Salvador BR 099, fica por volta de 2 km depois da praia de Imbassaí sentido Sergipe (obs. não tem indicação no google map).

FOTO 1

O restaurante fica aberto de domingo a domingo, das 11:00 hrs. as 16:30 hrs. Quem frequenta mais esse lugar é a galera de Salvador, os turistas tem acesso quando tem indicação de quem já visitou. Aos finais de semana é quando mais lota, mas a espera não é muito longa, vale a pena ficar um pouquinho na fila. Eles tem mesas na parte coberta e embaixo da mangueira com o chão de areia fofa, sinceramente, é muito mais legal ficar na sombra da mangueira! Afinal, como o próprio nome do restaurante diz, tudo fica mais saboroso e poético.

FOTO 3 FOTO 2

No cardápio tem opção de sucos naturais, um deles é o suco de mangaba que é feito da fruta recolhida da árvore que faz sombra para o playground. Não me hesitei de ir ver de perto a fruta que tanto desperta curiosidade de todos os turistas que vem para a Bahia!

FOTO 4

A folha da árvore lembra a folha da árvore fícus (aquela que é mais plantada nas calçadas) e a fruta não tem um cheiro específico, praticamente não tem cheiro, mas é bem leitosa. Na foto dá para perceber o leite que fica grudando os dedos.

FOTO 5

E aqui está o suco de mangaba. Não consigo comparar o sabor dessa fruta com alguma outra que seja de mais fácil acesso para todo o país. Realmente é digna de poder ter essa experiencia e degustá-la. O suco é bem consistente, quando bem feito não fica enjoativo e no final ele lembra um pouquinho do limão. Ah! Depois de beber esse suco não se assuste se os lábios ficarem grudentos, com a impressão de que está meio que “babando”, acredito que é em função da fruta ser leitosa.

FOTO 6

Para quem gosta de artesanato, no fundo tem algumas peças a venda. E finalmente o prato tão esperado. A muqueca Sombra da Mangueira.

FOTO 7

Sim, a muqueca tem queijo! E fica muito boa! O dendê é na medida, nem mais, nem menos. É um sabor de comida fresca, feita em casa, sabe?! Ela acompanha a farinha, o arroz e o pirão, esse pirão dá para comer sozinho! Dessa vez pedimos um prato inteiro de muqueca com peixe (badejo) e camarão a moda da sombra. E outro prato pedimos metade de camarão a moda da sombra da mangueira.

Estávamos em 5, com toda essa fartura, 2 pratos, 2 jarras de suco e um cafezinho para cada um, a conta simplesmente ficou R$35,00 para cada. Eles aceitam cartão de qualquer bandeira no modo débito, mas aconselho ter dinheiro em cash, pois corre-se o risco da máquina ficar sem o sinal e não conseguir efetuar o pagamento, depende do dia, se está chovendo ou não. Se quiserem ter mais uma opinião de quem já foi, seguem os blogs, http://www.destemperados.com.br/regiao/ba/camarao-queijo-dende-sombra-da-mangueira-1, http://www.comerrezando.com/2012/01/sombra-da-mangueira.html

Depois desse grande almoço, levamos as nossas companhias de volta onde estavam hospedadas, para a praia de imbassaí. Aproveitando que estávamos por lá, fomos checar uma sorveteria que vimos, mas esse assunto fica para outro dia…

Sombra da Mangueira
Rua de Diogo, s/n° – Acesso pelo Km 68 da Linha Verde 
Vilarejo de 
Diogo/BA
Fone: (71) 9133-4860
Somente débito

Início do início

Finalmente criei coragem para iniciar um blog para postar de tudo um pouco daquilo que mais gosto. Esse incentivo intensificou com a vinda de uma querida amiga. Como ela passaria 6 dias aqui em Salvador, tentei criar um ambiente agradável com passeios e comidinhas. E é assim que iniciarei as minhas postagens, relatando os lugares visitados!


Dia #1

Escolhemos passear pela Praia do Forte para o primeiro dia, conhecer um lugar bem estruturado seria importante para o restante dos dias. A minha visão seria “desarmar” as expectativas que foram criadas por outras pessoas e assim, poder oferecer um olhar diferente da vida em Salvador. Como amo passear por essa praia, o difícil é escolher uma foto.

1 FOTO

2 FOTO

Logo em seguida entramos no Projeto Tamar, aproveitamos que estava no período da manhã para poder caminhar embaixo do sol. O ingresso custa R$16,00 (inteira) e R$8,00 (meia para estudantes, idosos, professores e funcionários da Petrobrás). Ah, aceita cartão para pagamento.

Projeto Tamar

Há algumas tartarugas nos aquários sendo cuidadas por esse projeto que as transformam em grandes vitrines. Nos próximos post especificarei melhor o local do Projeto. Vale a pena a visita independente da idade…apesar das crianças amarem mais!

4_5 FOTO

Na saída da Praia do Forte, antes de irmos almoçar, paramos no Castelo Garcia D’Ávila. Uma parada obrigatória!!! Esse local é uma ruína de um dos maiores fortes construído na época. Para não prolongar, farei um post somente desse local. O valor do ingresso é de R$10,00 (inteira) R$5,00 (meia), não aceita cartão.

Castelo Garcia D'Ávila

Seguimos de carro pela estrada do coco mais ao norte, por volta de uns 7km, para chegar na praia do Diogo. Aonde escolhemos para almoçar a melhor muqueca até então já provada por mim! Vale a pena ir até o restaurante Sombra da Mangueira, essa muqueca de camarão leva o nome do restaurante e é a mais pedida da casa. Como estávamos em 2, pedimos metade do prato servido.

Muqueca Sombra da Mangueira

O “almojanta” saiu por volta de R$36,00 para cada, pois dividimos o prato e uma jarra de suco. Sempre invento de almoçar nesse restaurante porque realmente vale a pena. E assim, encerremos o primeiro dia.
Para finalizar, coloquei um mapa esquemático para posicionar por onde andamos!

mapa litoral
Fonte: http://guiadolitoral.uol.com.br/fotopraias/costadoscoqueiros.gif